shutterstock_157972787

O CARNAVAL ACABA, O ANO COMEÇA

Vamos iniciar uma mudança de hábitos?

Sabe aquela famosa frase: “o ano só começa depois do Carnaval”? Pois é, o Carnaval acabou e é hora de começar a levar o ano a sério. E que tal acrescentar à sua listinha de prioridades uma melhora na qualidade da sua alimentação?

Muito além da estética, uma alimentação equilibrada pode prevenir e/ou auxiliar no tratamento de doenças, dar suporte para a realização de atividades diárias com mais disposição, melhorar o humor e ainda oferecer outros benefícios.

Vamos iniciar uma mudança de hábitos?

Pensando nisso, listamos aqui algumas dicas básicas para você iniciar as suas mudanças de hábitos.

Beba bastante líquido!

Já parou para analisar quantos copos de água você bebe por dia? Se a sua ingestão já é de pelo menos dois litros, parabéns! Caso não seja, comece aumentando a sua ingestão de água gradualmente.

Estabeleça metas, ponha uma garrafinha na bolsa, no carro, na mesa do escritório, na academia. A ingestão de líquidos é de extrema importância para o bom funcionamento do organismo, portanto, mantenha seu corpo sempre hidratado.

Prefira os alimentos na sua forma integral!

Pão, arroz e macarrão são exemplos de alimentos que fazem parte da nossa rotina alimentar. Porém, estes alimentos devem ser consumidos de preferência na sua forma integral, que preserva uma maior quantidade de nutrientes como vitaminas e minerais e, principalmente, as fibras, que ajudam na regulação do intestine.

Eles promovem uma maior sensação de saciedade e por isso possibilitam uma menor ingestão alimentar, além de auxiliarem no controle do colesterol e nos níveis de glicose.

Você também pode inserir na sua alimentação a chia, a linhaça, aveia, quinoa e amaranto, alimentos que são fontes de fibras e outros nutrientes que trazem benefícios para a saúde.

Evite gorduras ruins e prefira gorduras boas!

Frituras e alimentos ricos em gorduras saturadas e/ou trans não estão com nada! Além de bastante calóricos, eles podem provocar alterações no organismo, e o seu consumo em excesso pode levar a doenças cardiovasculares.

Já as gorduras boas auxiliam na redução do LDL (conhecido como colesterol ruim) e aumento do HDL (o bom colesterol), auxiliando na prevenção e no controle de doenças cardiovasculares. Em relação às calorias, as gorduras boas são tão calóricas quanto às gorduras ruins, portanto, também devem ter a ingestão diária controlada.

Algumas fontes alimentares de gorduras boas: peixes como sardinha, atum e salmão, castanhas, nozes, amendoim, amêndoas e demais oleaginosas, além do azeite de oliva e óleo de abacate.

Evite doces e insira mais frutas na sua alimentação!

Alimentos ricos em açúcares como biscoitos recheados, doces e refrigerantes são um risco para a saúde quando consumidos em excesso. Devemos evitar a ingestão desses alimentos diariamente, consumindo apenas quantidades moderadas e em ocasiões especiais. Consumí-los em excesso pode levar ao ganho de peso descontrolado e atrapalhar na perda de gordura corporal. É ainda um fator de risco para o diabetes.

Já as frutas devem ser consumidas na sua forma in natura, de preferência, primeiro por não haver a necessidade da adição de açúcar, segundo porque, assim, suas fibras são preservadas. Consuma de três a quatro porções ao dia.

Dica: quando bater aquela vontade de comer um docinho, experimente comer uma frutinha com um pouco de canela. Fica maravilhoso!

 

Evite alimentos industrializados e atenção aos rótulos!

Os alimentos industrializados vieram para facilitar a nossa vida, porém, nem sempre a praticidade compensa. Muitos destes produtos são ricos em sódio e contêm aditivos químicos que podem fazer mal à saúde.

Observe os rótulos, preferindo os produtos com menor teor de sódio, gorduras saturadas e trans, açúcares, além de ler a lista de ingredientes para saber o que está sendo realmente levado ao seu prato. Evite produtos com corantes, conservantes e edulcorantes artificiais.

 

Atenção para as quantidades!

Mesmo os alimentos saudáveis devem ser consumidos em quantidades adequadas. Coma mais devagar mastigando bem os alimentos, apreciando o seu sabor. Dessa forma, você facilita a digestão e a comunicação para o cérebro informando que você já está alimentado, o que fará com que você fique saciado comendo muito menos.

 

Movimente-se!

Aliada a uma boa alimentação, a prática de atividade física auxilia na prevenção de doenças, melhora da composição corporal e na qualidade de vida. Busque um profissional para a indicação da atividade física adequada às suas necessidades.

 

Fonte: Priscila Teles – Nutricionista da rede Mundo Verde

PROCURAR POR PALAVRA-CHAVE

8

DICAS SUSTENTÁVEIS PRO INVERNO

É possível ser sustentável em qualquer época do ano. Confira!

SAIBA MAIS

CONHEÇA A LINHA INTEGRAL DE COOKIES

Integral de verdade, sem farinha ou açúcar refinado.

SAIBA MAIS
cookies-integrais

SUPERGRÃOS – CONHEÇA O FREEKEH E O PAINÇO

Já sabemos que os cereais integrais devem fazer parte de uma dieta saudável.

SAIBA MAIS
shutterstock_251025229

O QUE COMER NOS INTERVALOS DAS REFEIÇÕES?

É preciso comer de 3 em 3 horas, mas o que comer?

SAIBA MAIS
shutterstock_118310938
lactose free

INTOLERÂNCIA À LACTOSE. EU TENHO, E AGORA?

Sem susto. A intolerância à lactose é mais comum do que você imagina e pode ser controlada.

SAIBA MAIS

ESPECIAL DO DIA MUNDIAL DA SAÚDE

Confira 6 maneiras de diminuir o açúcar na dieta.

SAIBA MAIS
shutterstock_296066060

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Cadê meu Mundo Verde?
Encontre aqui a loja mais pertinho de você.