thumb_blog_le_majue

SE JOGA NO JANTAR ORGÂNICO

Oi, Mundo!

Hoje foi a vez do quadro Jantar Fora da Caixa e recebi um desafio enviado pela Gabriela Andrade, franqueada do Mundo Verde de Santo André, para preparar alguma receita com pelo menos três produtos que vieram na caixa.

Até aí tudo bem! Mas e quando você não tem nada na geladeira pra complementar a receita? Fica difícil né?!

Mas eu dei um jeitinho! Insisti com a produção do programa e consegui convencê-la a passar o desafio pra alguém! Convidei o Chef Renato Caleffi, especialista em culinária orgânica e funcional e um dos sócios do restaurante Le Manjue, um dos meus preferidos aqui em SP! Ele é um fofo, superatencioso e topou de cara o desafio!

dsc05718

Olha o que ele preparou neste episódio: tapioca funcional com chia e amaranto, com recheio de maionese de açaí feito com biomassa de banana-verde, açaí e óleo de coco.
Oi? Haha também tive essa reação gente, mas vamos por partes:

O Renato é pioneiro no uso culinário da biomassa de banana-verde, que nada mais é que o sumo da banana-verde, cozida na panela de pressão.

Esse ingrediente possui vários benefícios para nossa saúde, pois mantém seus sais minerais e vitaminas (A, B1, B2, fósforo, magnésio, potássio, sódio etc.), dificulta a absorção de gordura e é constituído de prebióticos, que estimulam o crescimento de bactérias benéficas ao nosso intestino.

Ela fica com um gosto bem neutro (nem parece banana) e pode ser usado em receitas de pães, bolos e pastas.

“Mas Adê, como preparar essa tal da biomassa?”

Aí vão as dicas do querido Renato:

 

  • Primeiro, você precisa comprar as bananas-verdes “de verdade”, ou seja, aquelas que foram retiradas diretamente do cacho (pois as que vendem no supermercado já passaram por um processo industrial de nebulização, para que durem mais até chegar aos locais de venda).
  • Separe as bananas-verdes do cacho, deixando uma parte do talo para não expor o miolo das bananas, fazendo com que elas fiquem bem fechadas. Lave-as bem.
  • Em uma panela de pressão, coloque a água até a metade e, quando a água ferver, adicione as bananas-verdes com casca. Esse procedimento se chama “choque térmico” e é muito importante. Tampe a panela e, quando começar a fazer aquele barulho do vapor saindo pela válvula, abaixe o fogo e deixe por 10 minutos. Depois deste tempo, desligue o fogo e espere até a panela perder a pressão naturalmente.
  • Após isso, destampe a panela e descasque as bananas com o auxílio de um garfo, tem de ser logo depois de saírem da panela. Em seguida, centrifugue ou bata no liquidificador até que se transforme em uma pasta quente. Caso a banana esfrie, coloque-a em banho-maria, espere amolecer novamente e bata para obter a pasta.

Com a pasta preparada, vamos à nossa maionese funcional de açaí:

  • Acrescente no liquidificador ou centrífuga 2 colheres de azeite e 1 de óleo de coco para uma boa quantidade de biomassa. Misture até ter a consistência de maionese.
  • Nós resolvemos misturar os dois óleos (azeite e coco) para ter um toque especial, mas você pode fazer com qualquer um dos dois, ok? Ah… e o Renato também acrescentou 1 colher e ½ de sopa de mostarda dijon, para dar um gostinho a mais (mas não é obrigatório).
  • Acrescente 1 colher de sopa de Açaí em pó Mundo Verde Seleção, caso queira uma cor mais rosada, acrescente um pouquinho mais (cuidado porque o açaí é forte hein!).
  • Sal rosa a gosto
  • Cranberry Desidratado Mundo Verde Seleção também a gosto (não é obrigatório).

Confesso que quando ouvi ele dizer que ia usar açaí e cranberry, eu achei que a receita era doce. Mas não! A maionese fica salgada e UMA DELÍCIA!

 

screen-shot-2016-12-07-at-2-45-55-pm

O açaí deu um toque especial de cor e sabor à biomassa, e o cranberry, por ter um sabor cítrico, complementou ainda mais, além de também ter muitos benefícios no seu consumo.

 

Tapioca com Chia e Amaranto 

O mais legal dessa tapioca que usamos da marca Mundo Verde Seleção é que ela vem em pequenas quantidades, ou seja, em porções! Ideal para quando a gente vai viajar e não quer comer qualquer coisa por aí, né?! Dá pra levar na bolsa e preparar onde você estiver! #dicadaade

 

Daí o Caleffi misturou a tapioca com um pouquinho de chia e de amaranto, ambos da embalagem Mundo Verde Seleção que, em termos nutricionais, acrescentaram fibras e proteínas ao nosso carboidrato (o amaranto é proteico e a chia é rica em fibras).

 

VOILÀ!

Nossa tapioca proteica e funcional ficou simplesmente MARAVILINDA!

Ideal como pré-treino e lanchinhos proteicos!

 

Sugiro todos experimentarem em casa hein!

Depois me contem por aqui se deu certo! Ah… E se precisar passar o desafio

pra alguém como eu fiz aqui, tá valendo!

 

Beijo!

Adê <3

PROCURAR POR PALAVRA-CHAVE

shutterstock_118136980-(1)

CONHEÇA OS BENEFÍCIOS DA BATATA DOCE

A batata-doce é mais maravilhosa do que você imagina.

SAIBA MAIS

GUIA PARA APROVEITAR SHOWS E FESTIVAIS

Tudo o que você precisa saber para aproveitar muito o dia. Confira!

SAIBA MAIS
shutterstock_292297256

VAMOS TREINAR EM UM LUGAR MAIS VERDE?

A natureza pode te ajudar muito na hora de treinar.

SAIBA MAIS
shutterstock_38435221-(1)

DÁ PRA VIVER SEM CARRO?

SIM! Veja o lado positivo de viver sem motor.

SAIBA MAIS
shutterstock_277426841-(1)
shutterstock_325399130

PLANTAS QUE MELHORAM A QUALIDADE DO AR

Conheça as plantas capazes de filtrar e purificar o ar da casa.

SAIBA MAIS

REUNIÃO DA GALERA FIT = FESTIVAL DA TAPIOCA!

Bem mais saudável que qualquer churrasco.

SAIBA MAIS
shutterstock_300623042-(1)

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Cadê meu Mundo Verde?
Encontre aqui a loja mais pertinho de você.